26 julho 2012

294010_179486695457836_3361076_n_large

Na verdade, acho que te deixei fugir, eras como uma garantia mas mesmo assim eu deixei-te ir embora, não me achei capacitada para mais e todos os dias lembro-me de como foi o passado, como seria se ainda pertencesses ao meu presente... Foi um ano, um ano que me fez sentir muito, onde me apoiaste quando toda a gente foi embora, porque tu? Tu estavas sempre lá para mim, tu querias o meu bem, tu sofrias com os meus problemas e um dia isso desapareceu... Deixei de ter o meu recanto, aquele porto de abrigo que eu procurava nas noites mais turbulentas passou a ser o meu colchão, que apesar de não ter capacidade para me embalar como tu o fazias me conforta. Tinhas a tua missão, o teu papel na minha vida e foste embora antes do tempo, antes do tempo que eu tinha planeado para nós. Para te ser sincera, sempre pensei que gostava bem mais de ti do que tu de mim... Mas no final até as outras pessoas, aquelas que viam a nossa amizade a ir ao fundo, lutavam mais por nós do que nós próprias e eu, confesso, já não tinha forças. Não tinha coragem de dizer que ia conjugar todos os verbos no singular, outra vez, e que aquele plural, tão antes utilizado ia deixar de existir. Isto tudo para dizer que tenho saudades tuas, saudades daquilo que em tempos tínhamos, da nossa história que para além de única, era engraçada. Não te peço para voltares porque não vale a pena, nunca mais vamos voltar a ser o mesmo mas gostava... Digo que não gosto de ti, que não posso ouvir o teu nome porque simplesmente não aguento, não aguento as saudades tuas que sinto cá dentro. E para além disso, tenho pessoas acima de ti, pessoas que me dão valor como muitas vezes não o fizeste.

16 comentários:

B* disse...

e estás à espera de quê para me contar? estou curiosa :D

Abbie disse...

acho que nunca vou encontrar alguém como ele, alguém que dê por mim o que tem e o que não tem.. enfim <3

mary disse...

nem a inês nem ninguém, mas a inês preocupou-me muito porque sinto um pouco que a culpa é minha.
identifico-me imenso com isto: "Não tenho personalidade para namoros e tenho dito." ._.

nicolemorais disse...

Já corrigi, obgda, amor :b
Força para ti também! E olha, és linda <3

mary disse...

..pois!
tens toda a razão, é complicado

nicolemorais disse...

Oh, shiu minha tontinha pequenina <3

mary disse...

viciada? acho que não se pode chamar um vicio.!

ana mendes disse...

ainda bem princesa, tem que ser assim por mais que me custe!

nicolemorais disse...

e eu de tiii, muito <3

mary disse...

mas não posso nem quero chamar isto de vicio. é mais dificil que isso!

ana mendes disse...

oh como tu <3

B* disse...

sim já me falaste princesa :)

sophia disse...

vi-me neste texto, tal e qual. obrigada doce <3

Helena Paley disse...

Gostei imenso de ler este texto !
http://helenatelinhos.blogspot.pt/
Beijinhos Helena Paley

Ritz disse...

É pra quem bebe?

Ritz disse...

estao mal?