09 setembro 2012

só quando se perde é que se dá valor


E eu que dizia que ia escrever pouco para ti... Porque tudo passava, tudo passa e eu ia seguir em frente... Na verdade já é a terceira vez que te escrevo e nunca sei o que dizer. Deixo-me levar e apercebo-me que muitos dos sentimentos que me andam a atormentar não tem tradução. Não sei o que fazer. Quero sentir que mudaste, quero perceber o quanto me amas mas dizes-me o que me dizias antes e viste o que aconteceu? Ainda se tudo o que tivesse acontecido fosse só quando não estavas em ti... Mas não. Sou assim tão insuficiente para ti? Como posso saber que agora estas a falar a sério? O que mudou? Eu continuo aqui, da mesma maneira, a tua espera... E tu? Por mais perto que estejas... Não te sinto...

9 comentários:

Gabriela. disse...

ohh e eu o teu, que aposto que é lindo *-*
sim, tens razão :)
força!

mst disse...

Força, querida

andrii disse...

Bem, eu não lhe chamaria amor, mas sim, ele faz-me sorrir. É fantástico, e acho que é o que eu precisava. Tenho andado mais feliz nestes últimos dias do que nestes últimos meses!
Oh, meu amor, então? Queres falar sobre isto? <3

Pedacinhos de mim disse...

Por vezes não conseguimos escrever o que sentimentos sabes porque? Porque há coisas que não podem ser escritas, apenas mostradas e sentidas em gestos. Gosto sempre de te ler. Um Beijo :)*

CAROLINA DURÃES disse...

dizem que sim. é o que tu achas ou estás a tentar convencer os outros disso? <3

Ritz disse...

Ninguem leva mesmo. é verdadeiro e voltou.

adriana ♥ disse...

espero que fiques bem, e sabes que podes confiar em mim.

disse...

oh amor, custa-me tanto ver a tua dor ;x
é que tu não és linda, é por isso!

lu de lúcia disse...

hum então adiou-se a conversa, espero que já tenhas decidido o que fazer em relação a ela!