28 julho 2013

Dear Mom,


Gostava que percebesses que sinto que posso ser mesmo feliz ao lado dele e que ele gosta mesmo de mim e contava-te, até te contava a nossa história toda se não me estivesses sempre a julgar. Dá uma oportunidade, a oportunidade que deves aos meus ex namorados e deixa este amor voar. No final do dia o que interessa é sermos todos felizes, não é verdade? Então deixa-me tentar, give love a try, se não correr bem não te preocupes, pode ser que me digas eu avisei-te, como sempre, e pode ser que desta eu aprenda.

27 comentários:

Sentimentos Incontrolados disse...

Espero que a tua mãe compreenda e te apoie :)

Rosinha disse...

E é a sério para ti ou não?
O que se passou com a tua mãe, princesa?

Rosinha disse...

E achas que quer isso? Ou sentes lá dentro que não é assim? Pensa para ti. Podes até confessar-me o que sentes, mas o que sentires aí dentro, não pode estar assim tão errado.
Estou por perto. <3

Cláudia Ribeiro disse...

O que aconteceu com a tua mãe, querida?
r: As saudades por vezes, conseguem dar cabo de nós, não é?

Ana Rita disse...

namoram linda?

Margarida disse...

jun, como se chama a música que tens aqui no blog?

andrii disse...

mil obrigadas, meu amor!
vais ver que a tua mãe vai acabar por compreender! espero mesmo que sim, porque estou numa situação semelhante com a minha mãe... <3

Jun disse...

http://www.youtube.com/watch?v=gRPnO96dqYI tens aqui doce Margarida, é de um site brutal

andrii disse...

bem... só tive dois namorados realmente sérios e quando me apaixonei por eles, foi mesmo a sério. as coisas acabaram por não correr bem e se a minha mãe sempre esteve de pé atrás com o facto de eu ter relações amorosas, agora ainda está pior... especialmente porque ela já reparou que me ando a encontrar muito com o meu ex namorado (que ela detesta) e está desconfiada de algo, embora não lhe tenha dito nada...

Lú cia disse...

oh princesa. E esse coraçãozinho? :3

andrii disse...

oh, porque ele me partiu o coração...

Lú cia disse...

oh, fico tão feliz. Não tens ideia!

Lú cia disse...

já reparei princesa. Desejo-te o melhor :)

Cláudia Ribeiro disse...

Fala com ela sobre esse assunto, pede-lhe que dê uma oportunidade, que o conheça. Diz-lhe que isso te faria feliz.
Não, não falei. É suposto sair-mos hoje (o grupo todo) mas eu não sei se vou.

Margarida disse...

obrigada <3 espero que comeces a passar mais tempo aqui no blog porque já tenho saudades de aqui vir com mais frequência

Ana Rita disse...

nao sabes linda? :s

Rosinha disse...

Achas que ele te quer magoar como a tua mãe diz?

Jun disse...

Mas ativa o teu blog Margarida! Quero saber de ti, querida! E sim, vim para ficar

Rosinha disse...

Então vês? Isso é bom. Verás que a tua mãe vai acabar por perceber que ele gosta de ti a sério e que ele te quer fazer feliz. :)

Ana Rita disse...

por vezes nem é preciso definiçao linda se voces souberem o que sao um para o outro :)
o meu mundo desabou !

andrii disse...

exatamente, princesa! mas enfim... nem lhe disse nada de estar com ele outra vez...

andrii disse...

tens razão, meu amor! hoje fui passar a tarde à EXPO com uns amigos e quando voltei, passei pela casa dele... ele não podia sair então ficámos à janela a conversar...
agora à noite fui ter com uma amiga e a casa dele fica em caminho... liguei-lhe quando estava a ir para lá e ficámos mais uma vez a conversar uns 20 minutos, ao telefone, mas à janela ao mesmo tempo... soube-me bem... não posso sentir-me culpada de uma coisa que me faz tão bem, pois não? <3

Cláudia Ribeiro disse...

Eu preciso mesmo é de diversão, só queria que percebessem isso, sabes?
Publica doce!

Lú cia disse...

tenho a certeza que isso nunca irá acontecer princesa!

Ana Rita disse...

disse finalmente ao rapaz de quem eu gosto que gosto dele

Diary of a poet disse...

Em poucas palavras descreveste o que eu não conseguia dizer. É mesmo isto, a questão é: com medo que nos moagoem só nos magoam a nós por não nos deixarem voar e sermos felizes, á nossa maneira com as nossas escolhas.

Jun disse...

É exatamente isso... Parece que não percebem que temos de ter direito a tentar! Temos de cair para aprendermos a levantar... Não consigo ver o teu blog!