04 agosto 2013

Afinal


Hoje vou deitar-me no teu peito e relembrar-te do que fomos. E vais voltar, eu quero que voltes. Não nos tornes instáveis, não merecemos isto. Vamos continuar a falar com o olhar, eu gostava disso. Beija-me pelo caminho e deixa-me incontrolável. Não te vais arrepender. Uma segunda oportunidade ao amor e uma terceira a nós. À terceira é de vez. 

11 comentários:

andrii disse...

espero que voltem, princesa! espero que sejam finalmente felizes!
é impossível descrever a nossa relação de qualquer outra forma... não há amor aqui. há resquícios disso, mas tudo aquilo que temos atualmente baseia-se apenas no desejo e na tensão sexual que há e sempre houve entre nós.

Margarida disse...

só quero que sejas feliz! achas que posso aceder ao teu blog privado?

Jun disse...

Querida Margarida, a qual deles é que queres aceder? Ao nightmare (o blog que tenho exponho aqui com o link mas que é privado) ou ao outro?

andrii disse...

obrigada, meu amor, a sério! ele... deixa-me louca, simplesmente. e eu sei que o deixo fora de si também. e isso sabe-me tão bem, nem imaginas!

já aceitei o convite, obrigada, anjo! <3

Margarida disse...

a ambos, pode ser? adoro a tua escrita, quero seguir-te em todos

Renata disse...

Gostei muito!

Lú cia disse...

tudo ficará bem princesa!

Jun disse...

Então dá-me o teu e-mail querida

Renata disse...

De nada princesa*

Jun disse...

Já te adicionei nos dois Margarida

Renata disse...

obrigada <3