05 agosto 2014


Arrefece-me. Peço-te como quem passa mais de um ano em brasas.
Mas eu aguento. Equilibra-me.
E que me sufoquem com algo que não tu. Acende-me e cita-te. Uma e outra vez.

2 comentários:

emma disse...

tão belo!

Gabriela. disse...

como estas linda?
saudades tuas :/