03 janeiro 2014

With or without


Tento culpabilizar-me para que passe porque já não há mais nada que possa fazer. Queria escrever-te, escrever-te para voltar a ti... Até isso me parece impossível. Talvez deixar-te, penso e repenso pois os prós deixam-me com água na boca. Mas tu também.

9 comentários:

Emily disse...

Baseaste-te no Daniel Oliveira para escreveres isto. Baseaste sim.
De vez? O que aconteceu para que tenhas tomado essa decisão? Já estiveste com ele? Perdi a noção dos dias. Conta-me o que aconteceu.

Flavi disse...

Eu percebo-te, acredita que percebo! mas não podes desistir... continua a 'nadar contra a corrente', pode ser que encontres o teu porto seguro :)

Emily disse...

O que aconteceu; como tomaste essa decisão. Isso, princesa.

Os homens não são todos iguais disse...

A culpa não é tua, tu deste tudo de ti e quando assim é não deves ficar com sentimentos de culpa. Deixa-o ser ele a sentir essa culpa e ele vai ver o que perdeu. Bom blog

Flavi disse...

Então tens que lhe mostrar que aí é o lugar certo ... :)

Flavi disse...

Então nem sei o que te dizer querida :/

Emily disse...

Estou sempre aqui princesa. Procuro as tuas letras quando as insónias me atacam mas tenho medo de chegar mais perto de ti. De estragar alguma coisa. Eu não quero estragar nada. Nada. Amo-te, de coração, Jun princesa.

Flavi disse...

Sim, isso sim! Mas não te podes deixar ir a baixo...

Lú cia disse...

sempre às ordens princesa :)