17 março 2012

Posso chamar-te "amor"?


Começamos por nos resistir, resistimos-nos imenso até. Para dizer a verdade, primeiro odiámos-nos. Maltratávamos-nos a torto e a direito como se não houvesse nada mais para além disso. Até ao dia em que comecei a gostar das nossas discussões, em que o teu tom gozão e a tua maneira critica de ser me faziam sorrir. Nem sei como é que isto aconteceu mas dei por mim a sentir falta do teu empurrão, do teu olhar frio e distante, da ignorância que gostavas de me atribuir. Mas a verdade é que esses pequenos reparos evoluíram, o meu interesse em criar confusão contigo aumentou, tornou-se mesmo necessário para um dia bem passado e bem aproveitado. Por tantas e tantas vezes que eu jurara ouvir a tua voz no meio do silencio e que dava por mim a desejar contempla-la. As coisas mudáram, dei por mim a receber raspões em vez de empurrões e quando as borboletas se soltaram dentro do meu estômago, aí eu percebi do que se tratava, era mais que ódio, mais que empatia. Não sabia se haveria de chamar atração ou simplesmente uma paixão passageira mas na verdade, não passou, cresceu e tomou conta de mim de uma maneira tão brutal que hoje em dia ainda não acredito no rumo que isto levou. Fomos do preto e branco para o colorido, e quando dei por mim a sonhar por um relacionamento sério, já ele existia. Cada gesto que fazias, derrubava-me com uma facilidade que nem te consigo explicar. Sempre foste um perfeito estúpido mas era por o seres que este sentimento se tornou o que é hoje. Já te disse que ele ainda não foi embora? Eu sei que não mas mais tarde ou mais cedo tu vais saber. Não nego, continuo a gostar de te resistir, de te dizer que não, deliro com a cara que fazes quando nego os meus sentimentos por ti. Vou-te confessar uma coisa, deste-me uma prova maravilhosa de como o ódio e o amor se misturam e doce, não lutes, não tentes, não fiques triste quando digo que não gosto de ti, sabes que não é verdade, sabes o quanto te amo, tu lá no fundo e sem ser lá no fundo, tu sabes disso. E olha, o "sempre" que te prometi, ainda está ligado a ti com um fio invisível, sei que com o passar dos dias e com o meu mau feitio o deixaste de ver mas ele ainda existe, meu amor. E no que depender de mim, não vai desaparecer, não vai romper!

74 comentários:

inês geraldes disse...

Oh, adorei este texto! Sabes que me sinto mais ou menos na mesma situação que tu? E a música do teu blog é linda, como é que se chama a primeira?

catarina disse...

amor está lindo *
mas princesa, ele também ainda gosta de ti?

catarina disse...

então amor , o que vos impede ?

nicolemorais disse...

oh, adorei..força, não desistas<3

inês geraldes disse...

Tenho uma "paixão/atracção/obsessão" por um rapaz. Dou-me muito bem com ele, e estamos sempre a provocar-nos. Mas ele não faz ideia do que eu sinto por ele, eu nunca lhe disse, nem eu sei bem se gosto dele de verdade ou é só uma paixão, entendes?

MarisaW disse...

está lindo!
como se chama a música do teu blog? :)

Pedacinhos de mim disse...

Penso que muitas vezes as histórias começam assim, de uma forma tão diferente mas ao mesmo tempo tão igual. Gostei mesmo deste teu post. Um Beijo :)*

Jace disse...

oh obrigado querida :)
*gosto do post

dolphin disse...

adorei (: está lindo!

Rita231 disse...

lindo, lindo.

catarina disse...

oh está tão lindo o texto amor. fiquei sem perceber se ainda continua ...

Lia disse...

é bom saber, obrigada. e gostei muito deste texto :)

Marina Torres disse...

oh como assim?

inês disse...

Sou insegura, tenho medo que me ache ridícula ou atiradiça, sabes?

Mafalda Monteiro disse...

sigo! :)
adorei, força*

Ritz disse...

Ou não gorda!

inês disse...

Eu e ele tanto estamos muito próximos, como muito afastados... nem sei. :/

Nelson Silva disse...

Mesmo lindo *.*

Sigo-te daqui em diante pois adorei e quero continuar a ler-te ^^

sam disse...

já sei <3

inês disse...

Nós temos fases muito diferentes, ou andamos muito próximos e falamos imenso, ou quase nem falamos. E ele não nota, porque não se sente na obrigação de estar próximo de mim, porque não sabe que eu gosto dele. Entendes? É confuso. E é por isso que eu não lhe digo, mas acho que dou a entender. Se eu lhe dissesse directamente, provavelmente ele afastar-se-ia.

inês disse...

Não dizem absolutamente nada, porque há muito pouca gente a saber.

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

óh minha linda, obrigada. espero que estejas bem com este sentimento que aqui descreves.

danniela disse...

não tens de agradecer (:
adorei o texto +.+
sabes, o amor começa sempre assim; com ódio. e às vezes ficamos confusas porque nao sabemos se o que sentimos eh real. o ódio acaba sempre por se misturar com algo doce e meigo que chamamos sempre de amor.
lindas histórias de amor, começam com histórias de revolta e ódio.
força*

' dianasilva disse...

Oh texto está lindo, escreves mesmo bem amorzito *

Lia disse...

oh, de nada :) <3

Marta'Santos disse...

obrigada doce
Adorei o teu **

cláudiagomes. disse...

tu também escreves bem, princesa :)

Marta'Santos disse...

nada que agradecer <3

' dianasilva disse...

Bem e tu ? (:

Nelson Silva disse...

Pelo menos ficas feliz e eu fico feliz por te ver bem.. ahaha :3

Beijinho, miguita*

Raquel Barbosa disse...

Não sei amor, qual é o teu nome no fb?

cláudiagomes. disse...

e mais nadaaaa!

Raquel Barbosa disse...

Eu sei, mas pensei que tinhas mandado algum pedido para aceitar.

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

pois, é que temos mesmo senão...

Raquel Barbosa disse...

Vai ao separador find me e tem lá ligação para o meu fb, depois manda-me pedido de amizade :)

Raquel Barbosa disse...

Feito linda :) Só te falta seguir no tumblr.

Marina Torres disse...

ohh mas tens razões p o ser?

nicolemorais disse...

ohhhh<3 obrigada amor!

Joana. ou Alice. disse...

É que quando nós estamos juntos, oh, parece que é tudo como era antes... mas depois passamos dias sem sequer falarmos :s

Joana Filipa disse...

oww.

Filipa disse...

Adorei mesmo o texto (;

Raquel Barbosa disse...

:)

' dianasilva disse...

Ainda bem princesa. É mesmo bom ler estes textos, saber como as vezes as coisas mais improváveis são as que mais acontecem, espero que sejas muito feliz *

Marta'Santos disse...

nao tens nada xo

Catarina. disse...

querida , ando com uns problemas com este blog e com outro desta conta , e decidi criar outro blog numa nova conta. Se gostares e quiseres , podes seguir, deixo aqui o link: http://escolhaeconsequencia.blogspot.pt/ beijinho e obrigada (:

' dianasilva disse...

Oh, apenas digo aquilo que acho e aquilo que sinto, sabes bem disso *

Joana. ou Alice. disse...

Oh, diz que me adora e quer ficar comigo... mas depois desaparece :S

catarina disse...

oh princesa, porque tanta insegurança?

catarina disse...

oh és tão querida, meu doce. sim já disses-te e eu volto a dizer que escreves lindamente! estava-me a referir do relacionamento...

Marina Torres disse...

então isso já é outro tipo de cena!

inês disse...

Nem eu :(

' dianasilva disse...

Olha quem fala amorzito (:
Concordo com o teu primeiro post, dia do pai é todos os dias (:

Ritz disse...

Obrigada gorda.

Marina Torres disse...

Força :/

inês disse...

:(
Oh, obrigada!

dianadíaz ! disse...

és uma fofinha, o texto está lindo mor <3

Ritz disse...

obrigada gorda!

' dianasilva disse...

Olha quem fala (:
É pois, os nossos paizinhos, lindos *-*

Rita Norte disse...

De uma forma ou de outra acho que muitos já passámos por histórias idênticas. Espero que a tua tenha um final feliz!

Catarina disse...

obrigada querida :)
mas que texto lindo *-*

Catarina Costa disse...

obrigada querida *-*

Bárbara Silva disse...

dia do pai é mesmo todos os dias :)

' dianasilva disse...

Os melhores princesa *

Catarina disse...

nao precisas de agradecer, esta mesmo giro (:

simple writer disse...

honestamente princesinha? não, não ando...

Marina Torres disse...

De nada linda!

wanna disse...

Olá Jéssica!
Uau que texto fantástico, pelo que vejo tens o peito a transbordar de amor, espero que estejas bem.
sigo-te!
Beijinhos da wanna

wanna disse...

oh não tens de agradecer Jé :)
Beijinhos da Wanna

Catarina disse...

é mesmo :)

' dianasilva disse...

E post novo, não há ?(:
Quero ver a tua escrita linda *-*

Marina Torres disse...

tens um selo para ti no meu blog (;

Rita Barbosa disse...

eu vi um ontem em amarelo, adorei mesmo ;o a minha mãe gostou tanto como eu por isso espero que acabe por me dar *.* é mesmo lindooooo $:

Rita Barbosa disse...

porque ? s:

Rita Barbosa disse...

ahahaha se esse é o problema então partilhamos as duas do mesmo xD mas mesmo assim, nunca deixei de usar um bikini que gostava so porque não tenho um peito grande (: